quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Desafio N.º 2

CONTO 2: 
A Galinha 
de Vergílio Ferreira

VAMOS LÊ-LO COM ATENÇÃO 
E CONVERSAR SOBRE ELE.
VAI SER BOM!

Clica para ler

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Desafio Nº1

VAMOS, ENTÃO, INICIAR A ATIVIDADE DO CLUBE DE LEITURA!


CONTO 1: QUE SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN PUBLICOU NA SUA OBRA 
CONTOS EXEMPLARES: «OS TRÊS REIS DO ORIENTE».


VAMOS LÊ-LO COM ATENÇÃO 
E CONVERSAR SOBRE ELE.
VAI SER BOM!

Clica para ler

NÃO TE ESQUEÇAS DE COMENTAR

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Participa no Clube de Leitura

Concurso «5 contos / 5 Desafios»



Se pretendes participar no concurso dos «5 Contos / 5 Desafios» lançado pelo Clube de Leitura consulta o Regulamento!
O primeiro desafio é lançado no início do mês de dezembro, fica atento.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Ebook gratuito: Sermão de Santo António aos Peixes


Pregado a 13 de junho (dia de Santo António) de 1654 em S. Luís do Maranhão (Brasil), oSermão de Santo António aos Peixes constitui um documento da surpreendente imaginação, habilidade oratória e poder satírico do Padre António Vieira, que toma vários peixes (o roncador, o pegador, o voador e o polvo) como símbolos dos vícios humanos.

»» CLICA AQUI para acederes ao ficheiro

Nota: este ficheiro encontra-se no formato .epub, sendo necessário o download de um programa que leia este formato.

quarta-feira, 18 de março de 2015

Kamishibai


Depois de assistirem pela 1ª vez a uma história em Kamishibai os meninos do 1ºB/4º desenharam e até escreveram poemas.




Desenho da Luísa
Desenho da Sofia
Desenho da Juliana

Desenho da Inês
Desenho do Pedro
Desenho da Maria

Desenho da Joana

Desenho da Catarina

quinta-feira, 5 de março de 2015

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Texto coletivo - 3ºB - Couve de Bruxelas



                A couve-de-bruxelas achava-se muito importante. Ela era a rainha dos vegetais.
                Como tal, certo dia, ordenou à couve-galega:
                - Faz-me uma vénia. É o teu dever!
                A pobre couve-galega que era analfabeta, mas espertalhona, disse-lhe:
                - Uma vénia?! Eu não sei o que é uma vénia!
                Então, a couve-de-bruxelas virou-se para uma cenoura e deu a mesma ordem.
                A cenoura era pobre, mas muito inteligente. Afirmou muito dorida:
                - Querida couve-de-bruxelas, não consigo dobrar as costas. Sou muito doente -choramingou ela.
                A couve-de-bruxelas, já muito irritada, virou-se para uma alface ordenando:
                - Faz-me uma vénia. É o teu dever!
                A alface que estava muito nervosa e a tremer respondeu:
                - Mas… mas… não tenho tempo. Vou ter de me encontrar com o tomate para fazermos uma salada.
                - São uns rebeldes estes meus súbditos- concluí numa grande exaltação a couve-de-bruxelas. – Condeno-os a que sejam todos cortados para a sopa do jantar.
                E assim aconteceu. Mas nem a couve-de-bruxelas escapou.
               


Ana Filipa

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

As Férias de Natal


As férias de Natal        

 

Nas férias de Natal

Eu muito brinquei

Vi televisão

Mas também estudei!

 

Joguei ao monopólio

Fiz armas medievais

Fingi que era um cavaleiro

E… derrotava ferozes animais.


Pus a casa natalícia

Com enfeites de encantar

Fiz um bonito presépio

Com o pinheiro a brilhar

 

Na cozinha da minha avó

Cheirava a açúcar e canela

E o bacalhau

Estava a cozer na panela!

 

Na ceia de Natal

A família reuniu-se

Houve as batatas cozidas

E a canalhada divertiu-se

 

Recebi muitos presentes

Comemos as rabanadas

Celebramos o Natal

Todos juntos,  de mãos dadas…

 

No Ano Novo

Comemos as doze passas

Despedimo-nos do ano velho

Com muitos risos e graças…

 

                                  Guilherme (turma 1.ºB/4.ºano)

 

 

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

PALAVRA PUXA PALAVRA
















S. Martinho é dia de magusto
Magusto que é uma alegria
Alegria que quero festejar
Festejar com os meus colegas
Colegas que dançam e cantam
Cantam à volta da fogueira
Fogueira onde se assam castanhas
Castanhas saborosas e quentinhas
Quentinhas que aquecem o coração!

Alunos do 3ºA